Após apoiar farsa de Maduro, ONU agora pede ajuda dos EUA e UE para Venezuela – O Divergente

Após apoiar farsa de Maduro, ONU agora pede ajuda dos EUA e UE para Venezuela

A ONU, através de uma de suas organizações, a FAO emitiu um relatório em março de 2018 dizendo que a fome aumentou consideravelmente nos últimos três anos, mas a própria FAO premiou maduro há três anos por um suposto programa de eliminação da fome (na época a Venezuela já estava entrando na miséria).

Agora a própria ONU, cooperadora na manutenção da ditadura venezuelana recorre a União européia e Estados Unidos para tentar resolver a situação do país, provando que ela é como já havia dito Trump, e outros líderes mundiais, uma instituição que perder seus princípios e que deveria ser encerrada e substituída.

José Graziano, que dirige a organização desde antes disso, foi quem entregou em mãos o prêmio ao ditador Maduro. Graziano é o mesmo ex-ministro e amigo de Lula, que o indicou para o cargo. Então, não é difícil de entender porque um prêmio de combate à fome foi dado à alguém que estava dizimando seu povo pela repressão e fome.

Graziano também dirigiu o programa “Fome Zero” do governo Lula, que não saiu do papel mas que gastou milhões de reais em publicidade.