Começando errado: Manter Onix Lorenzoni não é aceitável – O Divergente

Começando errado: Manter Onix Lorenzoni não é aceitável

Ônyx Lorenzoni foi anunciado por Jair Bolsonaro como seu ministro-chefe da Casa Civil e logo depois acusações sobre ele surgiram, algumas delas já comprovadas e admitidas pelo próprio Lorenzoni.

A posição de Jair Bolsonaro foi em dizer que “se surgirem provas robustas” ele será afastado, lembrando muito o discurso de Temer quando disse que afastaria ministros envolvidos em denuncias e pouco tempo depois vendo seus principais envolvidos em várias. Claro, ele não afastou. A diferença nesse caso é que Lorenzoni já admitiu recebimento de caixa dois pela JBS.

Lorenzoni, que disse já “ter resolvido com Deus“, “esquece” que tem também de resolver com a justiça/sociedade. Sua manutenção no cargo é apenas utilizar dos argumentos de militantes petistas ao defenderem envolvidos em corrupção no governo Lula ou Dilma.