Auxílio-Mudança: Para se reeleger Maia adianta pagamento para festas de final de ano – O Divergente

Auxílio-Mudança: Para se reeleger Maia adianta pagamento para festas de final de ano

Um dos privilégios dos muitos que ainda tem os deputados e senadores é o auxílio-mudança. São dois salário a mais (de R$ 33,7 mil) pagos no início e fim de mandato, independente de o congressista já residir em Brasília ou que tenha sido reeleito.

Com o pagamento do auxílio-mudança, os deputados e senadores atuais  (reeleitos ou não), recebem o salário e ainda o 13º. Mas além do alto valor que o contribuinte tem de pagar para sustentar essa mordomia é que Rodrigo Maia, que tenta se reeleger para presidência da câmara, antecipou o pagamento em mais de um mês fazendo com que recebessem o valor ainda durante as festas de final de ano.

Em comparação com a rica Suécia: congressistas não tem salário apenas o custeio de suas despesas com comunicação em suas cidades de origem, passagens e despesas para os dias em que há votações e se hospedam em apartamentos públicos que são obrigados à dividir em três pessoas.

 

Informações são do site Meu Brasil Verde Amarelo

http://meubrasilverdeamarelo.com.br/maia-da-r-17-milhoes-para-deputados-fazerem-mudanca/