Por que será? Instituto dos Advogados Brasileiros não gostou de projeto anticrime de moro – O Divergente

Por que será? Instituto dos Advogados Brasileiros não gostou de projeto anticrime de moro

Em sessão da IAB (Instituto dos Advogados Brasileiros), que em seu site diz ter “por objetivo promover a defesa dos interesses da Nação, da igualdade, do meio ambiente e do patrimônio cultural, artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico” promoveu uma sessão na última quinta-feira, 28, onde decidiram rejeitar 17 das 19 medidas do projeto contra o crime propostas pelo ex-Juiz e atual ministro da Justiça Sérgio Moro.

Claro, entre as que eles rejeitam está a que garante a execução da pena de prisão em segunda instância e que abranda a punição em casos de excesso na legítima defesa. Ou seja, nos dois casos diminui as opções que seus defensores tem à oferecer aos clientes.  No primeiro caso, se aprovadas, não podem prometer que podem mantê-los soltos e na segunda não mantém como clientes os que foram vítimas e acabam processados por reagirem à seus agressores já que poderiam nem ser processados.

Será que os “interesses da nação” são esses? Quem vai comemorar se não for aprovado são outros.